Como escolher seu terreno / lote para construção

Você está pensando em construir (seja para investimento ou casa própria) e já sabe como avaliar suas possibilidades de forma que economize logo de cara na construção?

É claro que existe aquele terreno que é amor a primeira vista, mas é sempre bom analisar todos os aspectos para a tomada de decisão. Essas são algumas dicas do que a gente vê no nosso dia a dia de projetos e execução. É sempre bom estar prevenido para as necessidades que surgem devido a configuração do lote e no final isso influencia até no valor de mercado do imóvel.

A verdade é que as características problemáticas de um lote podem enganar até os melhores observadores, principalmente se esse observador estiver entusiasmado com o local e as inúmeras possibilidades que aquele terreno pode oferecer.

Pensando nisso reunimos algumas dicas que observamos no nosso dia a dia de projetos e execução de obras:

1 – Verifique o acesso

É fácil de chegar no local? As ruas já são pavimentadas ou há uma previsão para isso? Independentemente de sua configuração, veículos pesados conseguem trafegar entre os acessos para o terreno? Lembre-se que vão ter várias entregas de materiais pesados, acesso de caminhões-betoneira e outros.

2 – Dimensões mínimas

Não adianta nada investir em um lote se ele não tiver as medidas para suprir sua necessidade! Nem sempre você poderá construir em 100%, hoje há várias normas que limitam tanto a área de ocupação da edificação, quanto a área de construção da mesma.

3 – Altimetria

O terreno é plano ou inclinado? Caso inclinado, qual é o ponto mais baixo do solo? Dica: não confie apenas nos seus olhos, faça algum tipo de aferição com ferramentas simples.

4 – Abastecimento

O terreno está situado em um local que tenha rede pública de esgoto? Há bocas de loco ou sarjetas para redirecionar as águas pluviais? Como é o abastecimento de água potável? Por concessionária, poço ou outros?

5 – Nível do lençol freático

Observe se há minas de água perto do local. A presença de água pode indicar a necessidade de fundações específicas que são mais caras que as convencionais. Se o terreno parecer pantanoso, CUIDADO. Procure informações com o dono do local, vizinhos ou trabalhadores da área a respeito do solo, A FUNDAÇÃO SEGURA PODE INVIABILIZAR A OBRA.

6 – Documentação

O terreno é regularizado ou está em processo de regularização? Qual a situação da propriedade do imóvel? Procure os órgãos competentes para verificar se há pendências nos mesmos.

7 – Região

Avalie a região em que o terreno está inserido e compare com as suas preferências. É um local de muita movimentação e comércios? É uma área pouco movimentada com condomínio fechado? O que você prefere?

8 – Edificações vizinhas

Verifique as casas vizinhas e veja se está dentro do padrão de construção que você deseja. Uma vizinhança adequada valoriza seu imóvel! Exemplo gritante: não adianta construir uma mansão em uma região que só possui casas populares e não adianta construir uma casa popular em um condomínio de alto padrão por exemplo.

Compartilhar:

Mais Posts

Mande uma Mensagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 − 1 =